José Pedro Galvão de Souza Filho
Posted on agosto 05, 2017, 12:31 am
13 mins

Em algum momento em torno dos 50 anos de idade, é comum pensar mais seriamente em se aposentar. Afinal de contas, nossos filhos (se tivermos filhos) já saíram de casa ou, no mínimo, já são relativamente auto-suficientes, nós estamos no auge de nossas carreiras, e o pensamento de que logo teremos tempo para fazer tudo que quisermos vai se tornando mais presente.

 Se você está atrasado

Talvez durante toda a vida você sempre quis poupar mais, mas nunca teve um plano concreto para seguir. Intenções são louváveis, mas se os fatos da vida criaram obstáculos para que você pudesse poupar mais, não há momento melhor do que agora para colocar suas finanças nos trilhos novamente. Não é tarde demais, mas você precisa agir rapidamente.

 

Cinco principais preocupações para se aposentar

 

Para se ter uma aposentadoria bem equilibrada, em que você consiga manter e proteger o estilo de vida ao qual você e sua família estão acostumados, você deve prestar a atenção em cinco pontos principais:

  1. Gestão da Receita
  2. Proteção Familiar
  3. Cuidados com a saúde
  4. Assistência de Longo Prazo
  5. Deixar um Legado

 

Gestão da Receita

 A receita que você vai precisar durante a aposentadoria depende do estilo de vida que você quer ter. Vai se mudar, ou continuar morando onde está hoje? Quais hobbies ou atividades pretende realizar? Pretende trabalhar em tempo parcial, ou não vai trabalhar? Todas essas variáveis devem ser examinadas quando for calcular seu orçamento. Tipicamente, os aposentados precisam substituir toda ou grande parte de sua receita pré-aposentadoria. Considere o seguinte: talvez você não precise muito dinheiro nos primeiros dias de sua aposentadoria, mas à medida que a inflação começar a corroer o poder de compra de seu dinheiro, ano após ano, eventualmente vai custar mais caro comprar as mesmas coisas que você comprava. Assegure-se de que seu orçamento leve em conta a inflação.

A Previdência Social vai cobrir parte de suas necessidades de receita, mas não o suficiente para que você possa depender somente dela. Para criar um fluxo de caixa adequado, aproveite as alternativas que proporcionem vantagens fiscais, tais como planos 401(k) ou Individual Retirement Accounts (IRAs). Se seu empregador ou associação patrocina um plano de previdência privada, informe-se se você é elegível, e o que cada plano oferece. Lembre-se que se tiver mais de 50 anos de idade, talvez possa fazer contribuições adicionais aos planos de previdência através da “catch-up provision”. Para o ano de 2017, o limite de contribuições aos planos 401(k), conforme regra do IRS (Internal Revenue Service), é de US$18.000, e o limite para contribuições adicionais “catch-up” é de US$6.0001.

Investimentos pessoais adicionais e/ou annuities talvez possam também ajudar a gerar receita na aposentadoria. Assim, você deve conversar com um profissional especialista em finanças para determinar que produtos são mais adequados à sua tolerância ao risco e ao seu prazo de investimentos.

 

Proteção Familiar

Se você tem cônjuge ou dependentes, pense o que seria deles se algo acontecesse com você. O futuro de sua família deve ser protegido. Frequentemente, quando um cônjuge vem a falecer, o custo de vida do sobrevivente permanece praticamente o mesmo. Pense nisso: o financiamento da casa e os impostos ainda terão que ser pagos, a família ainda vai precisar comprar comida, vai continuar a usar eletricidade, e vai ter que contratar alguém para fazer as coisas que você costumava fazer. Além disso, o cônjuge sobrevivente normalmente perde grande parte de sua receita de aposentadoria quando seu parceiro morre.

Para ajudar o cônjuge sobrevivente ou outros beneficiários a manter o nível de receita em sua ausência, revise detalhadamente os documentos de seu plano de previdência e de seu IRA. Pode haver opções que garantam a continuidade de benefícios ao cônjuge sobrevivente, seja através de montante único ou de uma taxa reduzida. Também existem as “joint and survivor annuities”, que criam um fluxo de receita pelo resto da vida do cônjuge sobrevivente.

O benefício por morte de um seguro de vida é uma opção que pode proporcionar receita livre de impostos para o beneficiário. Existe uma variedade de opções contratuais, tais como Termo, Permanente, Universal e Variável, que pode ser explicadas a você em detalhes por um profissional especialista em finanças.

Normalmente, um seguro de vida oferece proteção às famílias, de maneira que suas vidas financeiras podem permanecer intactas mesmo após a perda de um ente querido.

 

Cuidados com a Saúde

Ainda que todos esperem o melhor, a verdade é que sua saúde durante a aposentadoria é imprevisível. Com 65 anos de idade, você pode se qualificar para o maior seguro de saúde do país: o Medicare. Se estiver entre a afortunada minoria, seu último empregador pode oferecer cobertura de saúde para seus aposentados. No entanto, se for como a maioria dos americanos, esse tipo de cobertura não estará disponível.

Portanto, se planeja se aposentar antes de ser elegível ao Medicare, será sua responsabilidade adquirir cobertura adicional para preencher a lacuna.

O programa Medicare faz um bom trabalho para assegurar a saúde dos idosos americanos. Mas ele não cobre tudo. Há custos que tem que pagar do seu bolso, com prêmios e serviços fora do escopo do plano, tais como cobertura oftalmológica, auditiva, odontológica e cuidados com os pés. Levando-se em conta que a maioria dos idosos necessitam esses serviços, os custos podem ser elevados. De acordo com um relatório imparcial publicado em 2013, um idoso pode pagar em média, em cuidados com saúde, 36,9% de sua renda2. Portanto, é de grande importância incluir antecipadamente as despesas médicas quando for preparar seu orçamento para aposentadoria.

 

Assistência de Longo Prazo

 À medida em que envelhecemos, aumenta a probabilidade de necessitarmos assistência com as atividades da vida diária, tais como tomar banho, vestir-se e alimentar-se. Esse tipo de assistência – não importando se é feita em casa ou numa instituição – não é barata. O Medicare não cobre assistência de longo prazo, e a maioria das pessoas não consegue pagar por esses serviços sem esgotar seu “pé de meia”.

Muitos pré-aposentados estão optando por adquirir apólices de seguro de assistência de longo prazo. Dependendo do contrato e da seguradora, essas apólices normalmente começam a cobrir os custos associados com assistência de longo prazo no momento em que você fica inabilitado a exercer sozinho algumas das atividades da vida diária.

Apesar da maioria das pessoas reconhecer a importância do seguro de assistência de longo prazo, o custo para se adquirir uma apólice isolada frequentemente as intimida em buscar cobertura. Algumas seguradoras hoje oferecem uma alternativa na forma de uma opção por assistência de longo prazo, ou “assistência em vida”, que pode ser anexada à apólice de um seguro de vida permanente. Se o segurado precisar de assistência, a opção possibilita que a aceleração do benefício de morte do contrato de seguro pague pelos custos qualificados. Para informações mais específicas sobre as opções de cobertura de assistência de longo prazo, entre em contato com seu profissional financeiro.

 

Deixar um Legado

Mesmo que você tenha “saído dos trilhos” com relação a poupar para seu futuro, nunca é cedo demais para conversar com um consultor sobre seu planejamento patrimonial para transferir seus bens aos herdeiros após sua morte. Com a ajuda de profissionais de planejamento patrimonial e planejamento tributário, você pode criar uma estratégia para estruturar seu patrimônio da maneira mais vantajosa – tanto para você quanto para seus herdeiros. Se pretende passar seus ativos a parentes, amigos ou a uma instituição de caridade que você goste, existem diversas ferramentas à sua disposição, tais como living trusts, charitable remainder trusts e charitable gift annuities.

Quando o assunto é poupar para se aposentar, tempo é fundamental. Quanto maior for seu prazo de investimento, mais tempo seu dinheiro terá para trabalhar para você. Portanto, você não deve esperar nem mais um segundo. Entre hoje em contato com seu profissional especialista em finanças e marque uma reunião para avaliar sua situação. Daí em diante, comprometa-se com uma estratégia, e cumpra-a. Sem você perceber, seus sonhos de aposentadoria não vão mais se dissolver em ansiedade e preocupação, pois vai sentir que está de novo “nos trilhos” bem a tempo.

Por favor, esteja ciente de que este artigo não tem a finalidade de fornecer conselhos legais ou tributários. Portanto, qualquer informação tributária fornecida neste artigo não se destina, nem foi escrita, para ser usada, e não pode ser usada por nenhum contribuinte com a finalidade de evitar penalidades que possam a ele ser imputadas. As informações tributárias foram escritas para sustentar a promoção ou marketing da(s) transação (ões) ou assunto(s) abordado(s), e você deverá buscar conselhos de um consultor tributário independente, baseado em suas circunstâncias particulares.

Este artigo foi escrito por José Pedro Galvão de Sousa Filho (JP Sousa)3. JP Sousa oferece títulos através da AXA Advisors, LLC (membro do FINRA e SIPC), 2255 Glades Road Suite 412E, Boca Raton, FL 33431, e oferece produtos de seguros e annuities através de uma corretora de seguros afiliada, AXA Network, LLC. AGE-126430b(06/17)(exp.04/19)

 

Leave a Reply

  • (not be published)