Marcelo Castro Alves
Posted on outubro 25, 2017, 2:10 pm
3 mins

No que se refere ao impacto e perspectivas negativas da passagem de um furacão sobre a economia Americana, abaixo está uma síntese do que os analistas estão anunciando:

A economia está retornando dos furacões Harvey e Irma mais rápido do que muitos analistas esperavam, um sinal de que o ambiente “Goldilocks” que impulsionou índices de ações dos EUA para recordes este ano ainda está intacto.

Embora as tempestades realmente tenham afetado, dados recentes sugeriram que o impacto econômico tenha sido mais moderado do que o previsto anteriormente.

O Barclays aumentou sua previsão para o PIB na semana passada de 1.5% para 2.5%, dizendo que a atividade econômica dos EUA voltou ao normal mais rápido do que o esperado pelo banco.

Os dados estão “sugerindo fortemente que as distorções causadas por um furacão como os que passaram nos Estados do Golfo se revelarão um fenômeno de curta duração”, disseram analistas no Grupo Jefferies.

“Os dados sugerem que os furacões Harvey e Irma tiveram um impacto ligeiramente negativo sobre a atividade econômica no terceiro trimestre do que anteriormente assumimos”, disseram analistas da Macroeconomic Advisers na semana passada. A empresa elevou sua estimativa para o crescimento do terceiro trimestre para 2.7%, dos 2.6% anteriores.

As atualizações vêm à frente da estimativa do Departamento de Comércio para o PIB do terceiro trimestre, que será lançado nessa sexta-feira. Os economistas estão prevendo um aumento de 2.5% no PIB no trimestre, diminuindo do crescimento de 3,1% no trimestre anterior.

Espera-se que os dados confirmem que enquanto a economia está se expandindo a um ritmo constante, o crescimento não se acelerou o suficiente para provocar um desenrolar mais rápido do estímulo da Reserva Federal. Isso deve ajudar a sustentar os movimentos do mercado deste ano, dizem os analistas, com as ações dos EUA continuando a subir, enquanto os juros do Tesouro continuam baixos.

A resiliência da economia deve confirmar o caso do Fed para aumentar as taxas de juros novamente este ano, dizem analistas. Os mercados estão dando uma chance de 93% de outro aumento de taxa nos EUA em Dezembro, de acordo com os dados do grupo CME.

Leave a Reply

  • (not be published)