Carlo Barbieri
Posted on agosto 10, 2017, 2:55 pm
4 mins

Os Estados Unidos têm 62 tipos diferentes de vistos que dão direito a que uma pessoa possa, legalmente, residir no país. Com os desdobramentos destes vistos, chegamos a mais de 200.

Com a nova administração, o tema de imigração para os EUA ganhou as manchetes por alguns motivos não explícito e outros bem claros:

  • Exacerbação do Presidente Trump, que joga para seu público e atemoriza os imigrantes, sejam eles legais ou indocumentados e atemoriza até mesmo os imigrantes e investidores que querem mudar-se para os EUA;
  • Os coiotes que vivem do tráfico humano, ganhando $25,000 a $60,000 por pessoa que transportam ilegalmente para o país;

Os coiotes do México ganham menos dos que os do Caribe ou Cuba. Mas, todos matam, estupram as mulheres, abusam dos infelizes que querem vir e são usados pelas quadrilhas de drogas e terrorista.

Estes bandidos, não tem compromisso com a vida nem com a integridade física de seus “clientes”;

  • Os sanguessugas de plantão, que se aproveitam do temor válido dos indocumentados para ganharem um bom dinheiro, vendendo “soluções” temporárias para estes pobres coitados buscando a imigração para os EUA.

Na verdade, o que se espera desta nova política?

Deportação iminente para os clandestinos que cometeram crimes nos EUA, membros de gangs, traficantes.

Deportação imediata para os que forem presos na entrada dos corredores de coiotes;

Deportação potencial para os que estão intimados pela justiça e não comparecerem (muitas vezes por crimes menores como violações de transito).

Os que tem Green card zero problema na manutenção. Pesquisa mais profunda no histórico quando da solicitação de cidadania;

Os vistos de estudantes devem sofrer maior atenção, pois, no caso de brasileiros, sabidamente houve um aumento muito grande de vistos dados, que na verdade foram uma forma de imigração “informal”, mas legal;

Vistos L-1 e HB-1 verificação da autenticidade do trabalho e do funcionamento das empresas, inclusive com intensificação das fiscalizações;

Vistos de investimento E-2, não deverá sofrer nenhuma modificação;

Visto EB-5, deverá ser mantido e está a esperara da decisão do Congresso americano, no dia 28 de abril. Estamos seguros que será mantido, mas novas regras poderão ser implementadas;

Em geral ou que se espera, então, é mais dificuldade e verificação nos vistos que trazem pessoas do exterior para trabalhar nos EUA.

Revogação de direitos, está longe de acontecer, em particular para brasileiros.

Por outro lado, como existem 62 tipos diferentes de visto, um estudo acurado de qual o melhor para cada caso, deve ser realmente feito.

Os advogados americanos são extremamente competentes, e profundos> por esta razão conhecem e bem os vistos que fazem regularmente para seus clientes e não necessariamente tem uma visão ampla das possibilidades e variedades dos vistos disponíveis.

É mais fácil levar o cliente a fazer um EB-5, quando o cliente tem recursos a buscar uma solução no visto “O” ou EB-1, mais trabalhosos e de mais difícil preparação para a imigração para os EUA3.

Não vejo motivos para incerteza ou temor dos que buscam a imigração para os EUA4 ou investir nos Estados Unidos. Do ponto de vista de oportunidade deveremos ter um período de crescimento inicial, mas, se o Presidente não cair na real, de que vivemos num mundo econômico globalizado, teremos problemas no futuro.

Carlo Barbieri
Empresário e Consultor

CEO do Grupo Oxford Carlo Barbieri é formado em Economia e em Direito e fez mais de 60 cursos de especialização no Brasil e no exterior.

Leave a Reply

  • (not be published)